• Papai do céu, eu quero ser um celular, por causa dos meus pais.
  • O senhor precisa ver como eles têm paciência com ele, mesmo quando chegam em casa cansados do trabalho.
  • Mas comigo, não. Vão logo dando bronca.
  • Os olhinhos da minha mãe até brilham quando ela está olhando para o celular. É lindo de ver.
  • Eu quero que ela olhe assim pra mim também.
  • Quando estamos conversando e o celular toca, meu pai corta a nossa conversa no meio, mas nunca, nunca mesmo, ele pára de olhar o celular para conversar comigo.
  • Eles nunca têm tempo pra brincar ou passear comigo, mas gastam horas vendo coisas no celular.
  • Por favor, papai do céu, me transforme num celular.
  • Daí todo mundo vai ficar feliz aqui em casa.