Ser Romântico ou Ser Conquistador?

Estava seguindo no twitter, um microblog de uma garota (nunca se sabe se realmente é) que posta apenas dicas sobre como pensam as garotas. Não sei se vou continuar seguindo, pois já percebi que as dicas apresentadas são na maioria, reflexos da personalidade dela, e não da maioria. E quando ela generaliza, geralmente vulgariza demais as mulheres.

Mas deu pra tirar algo de bom disso. Algumas dicas até refrescam a memória de quem já entende alguma coisa do universo feminino; outras já estão mais inéditas…

Mas não estou aqui para falar de narcisistas, e sim, das escolhas que os homens tem que fazer perante a sociedade. Esse texto é difícil de fazer.

Dizem que as mulheres pensam em tudo, o tempo todos. Já os homens, bem… Nós pensamos em tudo antes de dormir… E depois dormimos… ou não.

Diferente dos que as mulheres acham, os homens não são todos iguais. Pois todo homem tem varias escolhas a fazer, que definem o caminho à frente (ou às laterais), e o que forma sua imagem social e até mesmo o seu caráter.

Exemplo Prático: Ser Romântico ou Ser Conquistador? No linguajar mais popular seria “ser sincero ou ser pegador” e definiria a noção de que o homem tem pelo menos uma escolha básica, que é mãe de muitas outras, e que definem seu comportamento perante as mulheres. Mas isso define o que ele pensa delas? Ou como ele fala delas para os amigos?

É certo de que um homem sincero, romântico e sonhador… é também um homem que sabe como “pegar uma mulher de jeito” e tem milhões de experiências para contar aos amigos. Pois afinal será que seus amigos vão pensar que você é sensível demais?

Prática do Exemplo: Eu cheguei a trabalhar numa empresa onde quase todos os homens do meu setor são machistas declarados, e falam o dia inteiro em bundas e peitos, e pernas e lábios… E quem não é machista ou quem prefere se abster e respeitar o sexo feminino como não sendo um simples pedaço de carne? Depende: o machista é o chefe ou o empregado? Se for o chefe, até o homem mais tímido terá de assumir uma postura mais flexível para não ser excluído do grupo dos que valem a pena salvar na hora de um corte no orçamento.

Sim, é verdade! A moral é flexível ao ponto de não romper com a auto-preservação. Todo ser humano é assim. Tem os que vivem em uma redoma de proteção erguida pelos pais e depois pelos maridos ou mulheres; e tem os que já foram até o fundo do poço e voltaram vivos porque escolheram dizer não aos seu próprios princípios, ou tiveram sorte, ou até mesmo foram resgatados ante da última gota.

Afinal, tanto para o homem quanto para a mulher, não existe somente esse dilema do título. O caminho de cada um é como uma árvore cheia de galhos e ramos, onde não passamos de formigas tentando subir o mais alto possível na vida, e pelo caminho temos sempre que parar por um momento e escolher se vamos para direita, esquerda, ou se voltamos um pouco e pegamos outro ramo que deixamos de escolher no passado. Às vezes não temos tempo de parar para pensar e somos obrigados a fazer escolhas precipitadas.

Porém, em alguns momentos muito especiais de nossas vidas, o próprio caminho (ou destino, como quiser) nos apresenta uma ou duas placas de aviso pelas suas estradas e rodovias, nos avisando dos perigos e das oportunidades à frente. Isso está acontecendo comigo agora. Tenho um longo caminho pela frente, mas me apareceu uma placa muito interessante, com os dizeres “amor, à trezentos metros vire à direita”. Devo seguir em frente, ou seguir as instruções para o que seria um novo recomeço ou uma armadilha da estrada?

São raros casos, como este, que eu posso dizer com certeza, que não há armadilhas nem caminhos esburacados. Só um caminho que está lá esperando por mim, para que eu possa caminhar por ele e aproveitar tudo de bom que ele possa me oferecer.

Mas até nestes momentos de certeza pura, há escolhas a fazer. Pois não basta saber qual caminho irá seguir ou trilhar. É preciso saber como ir em frente… muitas variáveis a considerar.

Someone falls to pieces
Sleeping all alone
Someone kills the pain
Spinning in the silence
She finally drifts away

Someone gets excited
In a chapel-yard
and catches a bouquet
Another lays a dozen
white roses on a grave
Yeah

[Chorus] And to be yourself is all that you can do
Hey
To be yourself is all that you can do

Someone finds salvation in everyone
Another only pain
Someone tries to hide himself
Down inside himself he prays

Someone swears his true love
Until the end of time
Another runs away
Separate or united
Healthy or insane

[Chorus] And be yourself is all that you can do
All that you can do
To be yourself is all that you can do
All that you can do
To be yourself is all that you can do
All that you can do
Be yourself is all that you can do

Even when you’ve paid enough
Been put upon or been held up
Every single memory of the good or bad
Faces of Luck
Don’t lose any sleep tonight
I’m sure everything will end up alright
You may win or lose

[Chorus] but be yourself is all that you can do (Yeah)
To be yourself is all that you can do (Oh)
To be yourself is all that you can do
All that you can do
To be yourself is all that you can do
All that you can do
To be yourself is all that you can
Be yourself is all that you can
Be yourself is all that you can do

// Audioslave – Be Yourself